As diferenças entre usar linhas curtas ou compridas no kite

1 - Com linhas curtas, a janela de vento é mais pequena logo o kite passa dum lado ao outro da janela em menos tempo, do que com linhas mais compridas, porque a distância dum lado ao outro da janela é menor, logo o tempo de força é menor, no entanto a força que o kite faz é a mesma e a velocidade também.

A vantagem em reduzir as linhas para os iniciantes está aqui neste ponto. Em termos de segurança, as linhas mais curtas são mais seguras porque demoram menos tempo a passar na zona de força e desta forma, quando o kite passa nesta zona, o kitesurfista é arrastado menos metros, por exemplo: uma pessoa com 75 kgs, com uma asa de 7 metros, com linhas de 10 metros e um vento com 15 knots de força, passando com o kite dum lado ao outro da janela pela zona de força é arrastada cerca de 2 metros se a barra estiver puxada.

2 – Com linhas compridas o kite também faz mais força porque quanto mais alto está, mais força/velocidade tem o vento.

3 - Em termos de reactividade/rapidez de viragem da asa, quanto mais próxima a barra estiver do kite, maior é a superfície do kite que faz resistência ao vento para girar, logo mais rápido será o kite a girar.


4- Outro ponto a considerar é o arrasto que as próprias linhas mais compridas podem provocar. Ao serem mais compridas têm mais área “mais metros de linha” exposta ao vento, logo são "empurradas" mais para dentro da janela, fazendo com que a asa, faça mais força. Este ponto é o menos perceptível dos aqui expostos.

 

Por: Duarte Coelho

NOTA: Todo este manual foi criado originalmente por Duarte Coelho

Informações \ Marcações

Email: kitesurfway@gmail.com

Tlm: (+351) 916 131 947


Nº Cédula de treinador IDP: 35234
Nº RNAAT: 393/2010
Nº de apolice OMT: 85/21393

fpkite logo.png