História do Kitesurf

O Kite “papagaio gigante” inflado foi inventado para um propósito bem diferente do de hoje em dia.

 

Em 1887, C. Jobert fez uma asa de salvamento “com a forma de U invertido” que funcionava através dum cabo ligado ás embarcações mutiladas, arrastando-as para a costa, apenas com a força do vento.

 

No princípio dos anos 80, um Suiço chamado Andreas Kuhn navegou com uma prancha do estilo do wakeboard e com uma asa de parapente de 25 metros quadrados. Foi talvez a primeira pessoa a saltar alto com vento muito fraco, como também foi o primeiro a ter cobertura televisiva!

 

Em 1984, J. Woodbridge Davis conseguiu elaborar um kite para o mesmo fim que C. Jobert, mas bastante mais elaborado, porque além de poder ser dirigido através de duas linhas, tinha a característica de poder ser relançável da água. Esta asa tinha o nome de “Wipikat”.

No mesmo ano, em França, os irmãos Dominique e Bruno Legaignoux conseguiram obter a patente da invenção que se chamou Wipika.

 

A asa Wipika foi imediatamente testada com pranchas e skis aquáticos e durante os anos seguintes foi aperfeiçoada.

 

No final dos anos 80, na América, Cory Roseler e o seu pai, desenvolviam o kiteski, que pouco tinha a haver com o conceito dos irmãos Legaignoux, visto serem traccionados por um papagaio rígido, tipo asa delta, em que o comando era uma barra com um carreto que recolhia as linhas sempre que a asa caía dentro de água. Cory foi a primeira pessoa a ser vista a bolinar “subir ao vento” com skis aquáticos.

 

Em 1992 Cory Roseler conseguiu a patente da sua invenção.

 

Em 1993 Laurent Ness associou o seu grande papagaio delta, feito em casa, a uma prancha de windsurf.

 

Em 1994 Manu Bertin iniciou a mesma prática no Hawai com uma prancha longboard associada a uma asa do tipo parapente.

 

Em 1995 Manu Bertin foi a França e descobriu a Wipika. Levou-a para o Hawai onde começou a desenvolver a prática com uma prancha de surf com footstraps. Com este conjunto de material Manu já conseguia bolinar e a partir deste momento este desporto começou a ter uma rápida evolução.

 

Manu Bertin foi o primeiro kitesurfista a sair em publicações de revistas de 1996.

Na mesma altura Mike Waltze e Laird Hamilton tomaram conhecimento, através de Manu, da existência da wipika e acabaram por ser também dois dos grandes pioneiros do kitesurf.

 

Em 1997 Rafael Salles e Laurent Ness desenvolveram a primeira marca a produzir pranchas especialmente feitas para kitesurf

 

Em Setembro de 1998 houve a primeira competição de Kitesurf em Maui. Marcus “Flash” Austin foi o campeão mundial.

No verão de 2001 houve a 1ª competição a nível nacional organizada pelo Clube Overpower. Arnaud Dussen ficou em 1º Lugar e em 2º ficou Duarte Coelho.

 

No verão de 2002 criou-se a APKITE (Associação Portuguesa de Kite) oficialmente a única associação de Kitesurf do país e desenvolveu-se o primeiro circuito nacional de kitesurf.

 

Informações \ Marcações

Email: kitesurfway@gmail.com

Tlm: (+351) 916 131 947


Nº Cédula de treinador IDP: 35234
Nº RNAAT: 393/2010
Nº de apolice OMT: 85/21393

fpkite logo.png